Volante Adilson, do Atlético-MG

Adílson ficou no banco contra o Santos (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

LANCE!
13/07/2017
20:29
Belo Horizonte (MG)

A derrota para o Santos, na última quarta-feira, levantou suspeitas sobre a fase recente do Atlético-MG. Um jogo equilibrado, com pênaltis perdidos para ambos os lados e um gol no final que decidiu a partida. Para Roger Machado, é hora de reavaliar as opções para que a equipe volte a vencer. O treinador falou sobre a possibilidade de escalar Adílson, no próximo jogo.

O jogador voltou a jogar no último dia 2, no clássico contra o Cruzeiro. Entrou no fim do segundo tempo, assim como contra o Botafogo. Porém, não entrou nas partidas contra Jorge Wilstermann e Santos, últimas derrotas do Atlético.

- O Adilson está voltando e tem entrado gradativamente. Já está completamente habilitado, mas está dentro do processo. Com alguns jogadores, pelas circunstâncias, aceleramos. Em outros casos, a partir de agora, podemos ter a necessidade de buscar alternativas diferentes para arranjar soluções. Não temos dúvidas que algo de errado aconteceu para que tivéssemos esse revés. Vamos analisar com calma, ter a paciência de observar e reavaliar e, se necessário, fazer as mudanças para voltar a vencer - avaliou Roger.

O próximo compromisso do Galo é contra o Atlético-GO, domingo, às 16h, em Goiânia. Com a derrota para o Santos, a equipe de Roger Machado caiu para 11° posição na tabela do Brasileirão, com 17 pontos conquistados em 13 partidas.