icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
31/08/2015
18:50

A diferença entre Atlético Mineiro e Corinthians, as duas equipes que despontam, no momento, como principais candidatas ao título do Campeonato Brasileiro, segue em quatro pontos. Para o volante do Galo, Rafael Carioca, a receita para o sucesso da equipe mineira é pensar jogo a jogo.

- A luta continua. Tudo continua do jeito como estava e nosso objetivo é vencer jogo a jogo. Agora, é pensar no Atlético Paranaense, que vem em uma sequência boa e crescendo no campeonato. Temo que vencer o Atlético Paranaense e ver o que acontece no jogo do Corinthians - afirmou Rafael Carioca, em entrevista à Rádio Brasil.

Apesar de os mineiro e gaúchos terem aberto boa vantagem em relação aos concorrentes, Rafael Carioca acredita que outros clubes ainda podem sonhar com a conquista.

- A briga pelo título não vai ficar somente entre Atlético Mineiro e Corinthians. As equipes que estão no G-4 têm plenas condições de conquistar o título. São quatro ou cinco equipes com grandes chances de título ainda - avaliou.

A diferença entre Atlético Mineiro e Corinthians, as duas equipes que despontam, no momento, como principais candidatas ao título do Campeonato Brasileiro, segue em quatro pontos. Para o volante do Galo, Rafael Carioca, a receita para o sucesso da equipe mineira é pensar jogo a jogo.

- A luta continua. Tudo continua do jeito como estava e nosso objetivo é vencer jogo a jogo. Agora, é pensar no Atlético Paranaense, que vem em uma sequência boa e crescendo no campeonato. Temo que vencer o Atlético Paranaense e ver o que acontece no jogo do Corinthians - afirmou Rafael Carioca, em entrevista à Rádio Brasil.

Apesar de os mineiro e gaúchos terem aberto boa vantagem em relação aos concorrentes, Rafael Carioca acredita que outros clubes ainda podem sonhar com a conquista.

- A briga pelo título não vai ficar somente entre Atlético Mineiro e Corinthians. As equipes que estão no G-4 têm plenas condições de conquistar o título. São quatro ou cinco equipes com grandes chances de título ainda - avaliou.