O artilheiro argentino Lucas Pratto é um dos grandes destaques do Atlético-MG

Pratto voltou ao Galo contra o Coritiba (Foto: AFP / DOUGLAS MAGNO)

RADAR/LANCE!
21/07/2016
17:49
Belo Horizonte(MG)

O atacante Lucas Pratto estava desde maio sem jogar e voltou aos gramados na última segunda, no jogo do Galo contra o Coritiba. Agora ele já pensa na próxima partida, diante do Palmeiras, no domingo, às 11h, em São Paulo.

O argentino classificou a partida contra os paulistas como uma "prova de fogo" e afirmou que o Galo precisa pontuar fora de casa para se firmar no campeonato e, principalmente, encostar no grupo de cima. Atualmente, o Atlético-MG está em 8°, com 23 pontos, a três do Santos, último time do G4, e a nove do Palmeiras, líder do campeonato.  

 -É uma prova de fogo. Precisamos mostrar que podemos encostar no líder, tirar ponto deles fora de casa. Temos como ganhar deles lá. Acredito que é uma prova que podemos vencer como visitante. 

Neste Campeonato Brasileiro, o Galo fez sete partidas como visitante e venceu apenas uma. Complicando o cenário, o Palmeiras é o melhor mandante do Brasileirão, com apenas dois pontos desperdiçados em oito jogos. 

- A gente perdeu posições nos jogos depois da eliminação da Libertadores, mudança de treinador, lesões e convocações. Depois melhoramos. Temos que ir nesse caminho. Temos que tentar vencer na casa do líder, para encostar mais no G4, manter os bons resultados que seriam muito bom para a nossa seqüência”, completou o atacante. 

Por fim, o camisa 9 disse que enxerga condições para o Atlético ser campeão brasileiro. 

 -Falta muito jogo para o fim do campeonato. Temos condições de brigar pelo título, pelo G4. É diferente do ano passado, que tínhamos uma base, um treinador de muito tempo. O time já estava acostumado com o modo de jogo. Neste ano, estávamos com um treinador, depois tivemos que trocar. Tiveram também muitas lesões, convocações. O time está encontrando uma regularidade. Creio que o time já entende o que o Marcelo quer. Todos os jogos agora são finais, já perdemos muitos pontos. Cada ponto que perdemos nos deixa mais longe do título e do G4. Temos que ganhar domingo para ficar mais perto do líder.