Oswaldo de Oliveira

Mesmo com dificuldade, Oswaldo de Oliveira acredita em vaga na Libertadores (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

LANCE!
26/11/2017
21:11
Belo Horizonte (MG)

O empate em 2 a 2 com o Corinthians foi prejudicial ao Atlético-MG, que briga por vaga na Libertadores. Com o resultado, a equipe mineira caiu para a décima colocação na tabela do Campeonato Brasileiro e fica a dois pontos do Vasco, último time no G7. No Itaquerão, Otero abriu o placar para o Galo, mas Jadson e Marquinhos Gabriel garantiram a virada corintiana. Aos 19 minutos do segundo tempo, Fred deixou tudo igual. Após a partida, o técnico Oswaldo de Oliveira comentou o resultado.

- Foi um jogo excelente, muito movimentado, com as duas equipes criando. Nós tivemos a chance, o Corinthians também teve. Qualquer um dos dois que vencesse seria com mérito - disse o comandante durante coletiva de imprensa.


O Atlético-MG ainda teve uma boa chance de garantir a vitória aos 22 minutos, quando o time partiu em contra-ataque o Robinho alcançou Fred pela direita. Sozinho na cara do gol, o atacante driblou o goleiro Cássio, mas chutou a bola por cima do travessão. Apesar da falha no lance que poderia ter garantido a vitória ao Galo, Oswaldo de Oliveira diz que a antecipação de Fred na jogada foi tão prejudicial quando uma suposta irregularidade no primeiro gol do Corinthians.

- Não foi só esse lance do Fred, teve outro lance capital também. Jô estava impedido no gol do Corinthians, e isso é decisivo. Se não tivesse empate, nós poderíamos conseguir a vitória. Fred fez a jogada lindamente, mas sentiu que vinha alguém atrás dele e antecipou o chute, que subiu um pouco. Faltou alguém gritar tranquilizando que ele era completamente o senhor da jogada. Ele poderia até ter avançado mais, mas antecipou o chute e perdeu o gol. Eu insisto que divido o demérito desse lance com o gol em que Jô estava impedido - explicou.

O resultado complicou a caminhada do Atlético-MG rumo à Libertadores de 2018. Agora, com 51 pontos, a equipe perde duas posições na tabela e se distancia do Vasco, último time no G7, por dois pontos. Ainda há a possibilidade da abertura de nove vagas para a competição. Para isso acontecer, o Flamengo precisaria conquistar a Sul-Americana e o Grêmio teria que levantar a taça Libertadores deste ano. No próximo domingo, o Galo volta aos gramados com a difícil missão de vencer o Grêmio e garantir vaga no torneio continental.

- Acabei de falar com os jogadores. É claro que é difícil depois desse empate, mas vamos buscar até o final. Ainda temos um jogo. Pode ser que a gente consiga, pois tem muito a acontecer. Vamos insistir com isso. Alertei a todos que temos de nos preocupar com a recuperação e, em seguida, com a nossa preparação para o próximo jogo, que será decisivo Temos de contar com resultados alheios. Mas, de qualquer forma, ainda temos três pontos para buscar - finalizou o técnico.