Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG (Foto: Igor Siqueira)

Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG (Foto: Igor Siqueira)

LANCE!
07/11/2016
15:02
Belo Horizonte(MG)

O presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno endossou o coro do treinador Marcelo Oliveira e criticou a postura dos jogadores do Atlético na derrota por 2 a 0 para o Coritiba, no último domingo. Ele chamou a atuação coletiva de ridícula e cobrou uma vaga no G3, além do título da Copa do Brasil. 

 -Ridículo o jogo. Essa postura é inadmissível. Passadas essas 48 horas de folga, acabou a brincadeira, tem que mudar a postura, tem que querer ganhar sempre. E vamos cobrar sempre o investimento que foi feito. Desde a comissão técnica até o roupeiro do Atlético (todos) sabem ganhar, foram campeões- afirmou.

 -Agora é isso, não vai ter folga, não. Folga nenhuma. É inadmissível ficar fora desse G3, é inadmissível perder esse título(da Copa do Brasil). É cobrar, cobrar e cobrar-completou. 

Com a derrota para o Coxa, o Atlético caiu para a quarta colocação, com 60 pontos, dez  a menos que o líder Palmeiras, justamente o próximo adversário, no dia 17, em Belo Horizonte.