Micale realiza treino de portas fechadas antes de enfrentar o Botafogo

Micale aponta evolução, mas diz que ainda há o que corrigir no time do Atlético (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

LANCE!
22/08/2017
20:06
Belo Horizonte (MG)

Apesar de ter sido ter sido derrotado pelo Fluminense na última segunda-feira, o técnico Rogério Micale acredita que a semana livre para treinos, que antecedeu a partida, rendeu uma evolução ao time alvinegro.

Apesar de reconhecer que ainda há muito trabalho pela frente, o comandante destacou as criações de jogadas ofensivas, aumento de troca de passes e a diminuição de cruzamento na área adversária. Como exemplo, pode-se destacar o gol marcado por Valdívia, que surgiu de uma jogada no meio de campo.

- A gente ainda comete erros. Estamos melhorando, não estamos cruzando muitas bolas. Fizemos um gol de tabela, pelo miolo. Essa variação a gente tem que ter. Não abandonar o lado do campo, mas também mudar o repertório - declarou o técnico.

De acordo com Micale, se o Galo tivesse saído de campo com a vitória, ele poderia dar continuidade ao trabalho que pretende realizar com o time. Entretanto a partida contra o Tricolor mostrou que ainda há o que corrigir antes de avançar para a próxima etapa, como falhas na marcação de bola. Por conta disso, os próximos dias de treino terão o mesmo foco da semana anterior.

- Se a gente tivesse somado o ponto, poderíamos fortalecer outras coisas. Quando o resultado não vem, a gente fica martelando nas coisas que não deram certo - destacou Micale.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG só entra em campo às 16h do próximo domingo, para enfrentar a Ponte Preta, em Campinas. Em 13º lugar, com 26 pontos, a equipe segue em busca de uma nova reação, para conquistar uma posição entre os seis primeiros e garantir uma vaga na Libertadores de 2018.