Marcos Rocha, do Atlético-MG, tem 21 desarmes

Marcos Rocha é um dos principais nomes do Atlético-MG

RADAR/LANCE!
09/07/2016
15:10
Belo Horizonte (MG)

No início deste mês, Marcos Rocha completou dez anos de Atlético-MG. A história do lateral no clube teve início em maio de 2006, quando, ainda garoto, chegou às categorias de base em busca de seu sonho. Após dois meses de avaliações, assinou o seu primeiro contrato com o Galo no dia 1º de julho daquele ano.

Sua estreia no profissional, no entanto, aconteceu somente em fevereiro de 2009, na vitória de 3 a 0 sobre o Social, pela terceira rodada do Campeonato Mineiro, no Ipatingão. Desde então, o camisa 2 entrou em campo 249 vezes pela equipe, marcou 13 gols e conquistou seis títulos, dentre eles, o inédito troféu da Copa Libertadores, em 2013. No atual elenco, o atleta é o segundo jogador com mais partidas pelo Atlético, com apenas dez jogos a menos que o zagueiro Leonardo Silva.

Apesar de estar no Atlético-MG desde 2006, o jogador saiu do clube três vezes para defender o CRB (2008), a Ponte Preta (2010) e o América-MG (2010 e 2011), antes de assumir de vez a titularidade na lateral-direita do Galo e se tornar um dos jogadores mais identificados com o clube. Conhecido tanto pelo seu potencial como pela sua entrega dentro de campo, Marcos Rocha também é muito querido pela torcida atleticana porque não costuma aliviar nas entrevistas quando o assunto é o arquirrival Cruzeiro. Orgulhoso, o camisa 2 falou sobre os dez anos no Galo.

- Hoje em dia, não é comum ver um jogador permanecer tanto tempo em uma mesma equipe e me sinto honrado em defender o Atlético por vários anos. É o clube que abriu as portas para mim e me deu tudo o que tenho até hoje. Sou muito grato por tudo o que vivi nesse período e espero dar muitas outras alegrias para essa torcida maravilhosa, que sempre nos apoia - declarou o jogador.

Único atleta do país presente na seleção das últimas quatro edições do Campeonato Brasileiro, Marcos Rocha vive boa fase e é o jogador de linha do Atlético com mais partidas na temporada, com 33 atuações, atrás do goleiro Victor, que entrou em campo 35 vezes.