Clayton - Figueirense

Atlético-MG foi até Florianópolis e se reuniu com empresário de jogador e presidente do Figueira (Foto: Divulgação)

RADAR / LANCE!
23/02/2016
00:58
Florianópolis (SC)

A negociação foi arrastada, com direito a um desfecho na calada da noite. Porém, na madrugada de terça-feira, o Atlético-MG fechou a contratação de Clayton, meia-atacante visto como uma das promessas do Figueirense.

Após uma reunião que durou cinco horas e envolveu o presidente do Galo, Daniel Nepomuceno, o empresário do jogador de 20 anos, Jorge Machado, e o mandatário do Figueirense, Wilfredo Brilinguer, o acordo foi adiantado. Segundo informações da Rádio Guarujá 1420, de Santa Catarina, nesta terça-feira ainda serão definidos detalhes quanto à negociação por Clayton.

Daniel Nepomuceno e Wilfredo Brillinger registram acordo (Foto: Reprodução / Twitter)
Daniel Nepomuceno e Wilfredo Brillinger em registro após acordo (Foto: Reprodução / Twitter)

Após ter acertado as bases salariais com Jorge Machado, Atlético-MG e Figueirense definirão se jogadores não aproveitados no Galo ficarão envolvidos na negociação. Especula-se que o Atlético-MG tenha desembolsado 3,5 milhões (em torno de R$ 15 milhões) por 50% dos direitos do meia-atacante.

Para garantir o acerto com Clayton, o Atlético-MG enfrentou uma forte concorrência. Corinthians e Palmeiras também se interessaram pelo meia-atacante, porém, segundo o LANCE! apurou, somente o Timão fez uma proposta oficial.

Clayton desembarcará na Cidade do Galo para uma concorrência acirrada no setor ofensivo. Nomes como Robinho, Pratto, Luan, Hyuri e Pablo também estão à disposição do técnico Diego Aguirre.