Luan, do Atlético-MG

(Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

RADAR/LANCE!
02/08/2016
13:55
Belo Horizonte(MG)

Em meio aos bons momentos de Fred e Robinho e o retorno gradual de Lucas Pratto, há um atacante pedindo espaço: Luan, que prometeu que brigará forte pela titularidade no Galo em pouco tempo.

Ele passou por uma artroscopia no joelho direito no final de abril e  voltou a atuar na  16° rodada, quando o Atlético venceu por 1 a 0 o Palmeiras. Na ocasião, entrou no segundo tempo.

Na partida seguinte, o 3 a 0 contra o Santa Cruz, novamente entrou no decorrer da etapa final. Após tanto tempo ausente, ele reconhece que a briga será pesada e que ainda precisa readquirir o ritmo de jogo. 

 -Não acho que deveria ser titular. O time está bem, em uma sequência muito boa. Eu ainda preciso aprimorar mais a parte física, sinto um pouco, às vezes, um desconforto, por estar voltando. Os jogadores estão em alta intensidade, bastante jogos juntos, entrosados. Creio que daqui a três, quatro jogos estarei em condição física ideal, mais entrosado. Aí vai depender de mim se vou ser titular ou não, o Marcelo também tem sua opinião de escalar o melhor. Espero daqui a três, quatro rodadas estar bem fisicamente e começar a rodar, dar pique, carrinho, fazer gol. 

O camisa 27 também comentou sobre as ambições do Atlético no Campeonato Brasileiro e garantiu que o alvinegro lutará para entrar no G4 ainda no primeiro turno, que tem só mais dois jogos. O Galo enfrenta o São Paulo nesta quinta-feira, no Morumbi, e encerra em casa diante da Chapecoense, na próxima segunda-feira. 

 -Temos uma meta que é terminar o primeiro turno entre os quatro primeiros, infelizmente ainda não entramos no G4, mas estamos a quatro pontos do líder com duas rodadas para fechar o turno. Se vencermos o São Paulo e depois o jogo em casa, temos total capacidade alcançar esse objetivo.