Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG (Foto: Igor Siqueira)

Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG (Foto: Igor Siqueira)

RADAR/LANCE!
13/07/2016
17:39
Belo Horizonte(MG)

O presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, afirmou que o clube não tem interesse em barrar negociação do meia Dátolo. Se for da vontade do jogador argentino deixar o Galo, assim será feito. O mandatário,  porém, também afirmou que o camisa 10 tem o interesse de permanecer na Cidade do Galo. 

 -Jogador só fica no Atlético se quiser. Todos que forçaram algo para sair, saíram.  Da mesma maneira que sou muito sério na hora que contrato, também exijo seriedade na hora da saída. Conversei com o Dátolo, ele pretende ficar no Atlético.

Nepomuceno também lamentou a lesão de outro gringo do Atlético, o também meia Cazares. Ele salientou, porém, que o clube tem boas opções no elenco para suprir a ausência do equatoriano. 

 -Uma notícia dessa de que o Cazares pode ficar até 90 dias fora, a gente conta com o elenco. É isso que tentamos fazer, colocar dois, três jogadores por posição, porque contusões acontecem e temos que tentar manter esse elenco rico para perder menos nas fatalidades que acontecem.

Mesmo mostrando-se confiante no elenco, o presidente afirmou que não descarta a contratação de um novo meia. 

 -Se conseguisse encontrar um Cazares a cada mês, eu contratava todos. Não é fácil encontrar um camisa 10 da qualidade dele. Você tem o Carlos Eduardo, que voltou de lesão e joga nesta posição, o Dátolo, e o Cazares é o terceiro. Mesmo tendo estes três, com dois voltando de lesão, em nenhum momento parei de estudar o mercado. Só que o nível que hoje o elenco exige não é fácil você dar uma camisa e ele jogar no dia seguinte e ser titular. Não é simples uma contratação dessas.