Edcarlos, entre Carlos e Victor (à direita), culpa ataque do Atlético-MG por empate em Salvador (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

LANCE!
29/05/2016
19:07
Belo Horizonte (MG)

O empate por 1 a 1 com o Vitória, na tarde deste domingo (29), na Arena Fonte Nova, teve um sabor de derrota para o Atlético-MG. Os jogadores e o técnico deixaram o estádio de Salvador chateados pela forma como ocorreu o resultado. E Edcarlos crê que a culpa do revés é dos jogadores de ataque do Galo.

O time vencia o confronto por 1 a 0, com gol de Patric ainda no primeiro tempo, até os 33 minutos da etapa complementar. Neste momento, Capixaba foi facilmente desarmado no meio de campo e, na sequência, Willian Farias lançou Kieza nas costas do zagueiro Tiago. O atacante do Vitória invadiu a área atleticana e deslocou do goleiro Victor.

Mesmo com a falha do companheiro de defesa, Edcarlos crê que o problema foi na dificuldade de retenção da bola no sistema ofensivo e, por isso, se queixou do fato publicamente:

– Sabíamos que com o poder do resultado, o Vitória poderia se jogar um pouco mais. Combinamos de nos fechar melhor para não dar contra-ataque. Perdemos uma bola boba na frente e, no contra-ataque, eles fizeram o gol. A postura e a organização melhoraram em relação ao último jogo, que foi uma lastima para a gente. Agora vamos buscar a vitória contra o Fluminense – afirmou.