Cazares (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

Maluf mostrou-se tranquilo em relação a negociação por Cazares (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

Vinícius Faustini
05/01/2016
19:21
Belo Horizonte (MG)

Nem mesmo a troca de acusações entre Independiente Del Valle (EQU) e Banfield (ARG) pelos direitos econômicos de Juan Cazares é suficiente para deixar o Atlético-MG com sentimento de risco por ver um reforço recém-contratado deixar o clube. Em entrevista ao LANCE! nesta terça-feira, o diretor de futebol do Galo, Eduardo Maluf, garantiu que o clube atentou para todos os detalhes envolvendo a situação do equatoriano:

- Eu fui a Buenos Aires e falei com o presidente do Banfield (Eduardo Spinosa) para saber detalhes sobre a compra do jogador, e ele tinha opção de compra até 31 de dezembro.Depois disto, o Cazares tinha direitos ligados ao Independiente Del Valle.

Horas após o jogador de 23 anos ser apresentado e assinar por duas temporadas, o Banfield emitiu um comunicado no qual revelava-se surpreso com o acerto e ameaçou acionar a Fifa para obter os direitos econômicos de Cazares, que teria adquirido neste ano. Porém, o Independiente Del Valle rebateu na terça-feira, dizendo que sequer recebeu o valor referente ao empréstimo solicitado pelo clube argentino.

Sobre a ameaça do presidente do Banfield, Eduardo Spinoza, Maluf mostrou-se tranquilo:

- É um direito dele.