Arturo Mina

(Foto: AFP / OMAR TORRES)

LANCE!
28/05/2016
12:02
Belo Horizonte (MG)

A exibição diante do Grêmio, nessa quinta-feira, evidenciou a necessidade de contratação de um zagueiro. Edcarlos e Tiago não mantiveram o nível das atuações de Leonardo Silva e Frickson Erazo, titulares do setor, e deixaram o estádio Independência vaiados por conta da goleada. Atenta ao mercado, a diretoria consultou um rival da fase de grupos da Copa Libertadores para se reforçar.

O presidente Daniel Nepomuceno aproveitou a relação estreita com o Independiente Del Valle, do Equador, clube que revelou o meia-atacante Juan Cazares, para se informar sobre a situação do zagueiro Arturo Mina, de 25 anos.

O semifinalista da competição internacional confirmou a tentativa do Galo de contar com o seu capitão. No entanto, só aceita liberá-lo ao término da participação no torneio continental.

– Sim, há interesse do Atlético Mineiro e de outros clubes. Mas só aceitamos conversar depois da Libertadores. Não faremos nenhuma negociação até o fim da Libertadores – disse Michel Deller, presidente de honra da agremiação equatoriana, em entrevista ao Superesportes.

Caso consiga o acordo para contar com o defensor no elenco, o Galo terá que desembolsar aproximadamente 2 milhões de dólares (R$ 7,22 milhões) para adquirir os seus direitos econômicos. Sem Léo Silva, machucado, e Erazo, na seleção equatoriana que disputa a Copa América, o Alvinegro Mineiro tem três opções para o setor: Gabriel, Edcarlos e Tiago.