Dátolo treinou na Cidade do Galo, mas não foi relacionado por Diego Aguirre (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Dátolo desfalcará o Atlético-MG diante do América-MG e não deve atuar na Libertadores (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

RADAR/LANCE!
30/04/2016
12:08
Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG terá dois desfalques neste domingo (1), diante do América-MG, pela partida de ida da final do Campeonato Mineiro. Titulares no empate com o Racing-ARG, pela Copa Libertadores, Júnior Urso e Jesus Dátolo foram vetados para o compromisso do final de semana. A dupla ainda não tem previsão para retorno.

A situação mais séria é do argentino. O dono da camisa 10 sofreu um estiramento muscular na coxa esquerda e precisa realizar tratamento na Cidade do Galo. O problema demanda um período de recuperação. Como a gravidade não foi divulgada, não é possível precisar o tempo que ele ficará afastado dos gramados.

É provável que o meia-atacante se ausente da partida de volta das quartas de final da Libertadores, diante do Racing, na próxima quarta-feira (4), no estádio Independência.

Júnior Urso, no entanto, não deve ser problema para o confronto com a equipe argentina. Com dor muscular, o volante será apenas poupado para o compromisso deste domingo. Ele, portanto, deve figurar entre os titulares de Diego Aguirre no meio de semana.

O substituto natural de Dátolo é o equatoriano Juan Cazares, que amargou a reserva desde o retorno do argentino aos gramados. A vaga de Júnior Urso segue em aberto. Caso o treinador opte pela manutenção do esquema com três volantes, Eduardo e Lucas Cândido são os favoritos. Por outro lado, se preferir a entrada de um atleta para realizar a função de ponta direita, Clayton e Hyuri aparecem como os nomes ideais.

Patric, recém-recuperado de uma artroscopia no joelho esquerdo, também pode desempenhar a função de Júnior Urso. No início da temporada, o lateral direito foi constantemente improvisado no setor e recebeu muitos elogios de Diego Aguirre.

O Galo, neste domingo, deve entrar em campo com a seguinte escalação: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva (Tiago), Erazo e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete e Cazares; Clayton, Robinho (Hyuri) e Lucas Pratto.