RADAR/LANCE!
24/11/2016
00:26
Belo Horizonte (MG)

A situação do Atlético-MG ficou muito delicada na decisão da Copa do Brasil após a derrota dentro de casa, nesta quarta-feira, por 3 a 1, para o Grêmio. Para conquistar o título da competição, o Galo precisa vencer os gremistas em Porto Alegre, na semana que vem. O atacante Robinho lamentou partida abaixo do esperado, mas vê time com chances de reverter o resultado. O volante Leandro Donizete não escondeu a sua insatisfação.

- Todo mundo chateado porque perdeu. Tem mais um jogo, esperamos conseguir o resultado lá. Entramos para ganhar, buscamos o título. Sabemos que o jogo foi ruim, temos condições de ganhar lá.

Assim como o camisa 7, Victor também falou sobre partida ruim no Mineirão, mas afirma que assim como os gaúchos surpreenderam em Minas, o Galo pode dar o troco na Arena.

- Assim como eles fizeram essa vitória aqui, podemos conseguir lá. Ninguém pode duvidar do Atlético-MG. O Grêmio tem uma equipe bem montada. Tomamos gols quando éramos melhores. Em jogos decisivos, não pode acontecer. Temos que aprender com os erros.

Marcos Rocha e o zagueiro Gabriel, falaram na saída de campo e lamentaram série de erros cometidos em campo, que não devem ser repetidos na semana que vem.

- Infelizmente fizemos o gol, sentimos a confiança, energia da torcida, e em um contra-ataque, sorte deles, tomamos um gol que não poderíamos ter tomado. Nada foi fácil para o Galo, em 2014 foi da mesma forma, sempre na base da garra, da vontade - disse o zagueiro, autor do gol do Atlético-MG.

- Jogo difícil. O que a gente cobrou no vestiário, a gente não fez. O time que tinha mais vontade, que teve mais garra, venceu - afirmou o lateral-direito.

Por fim, o volante Leandro Donizete estava mais revoltado e pediu "vergonha na cara" para mudar o resultado em Porto Alegre. 

- F...! A gente erra, dá nisso! Sabíamos da qualidade deles. Não podíamos dar brechas. Demos espaços, e eles souberam usar. Temos que criar vergonha na cara e mudar a postura lá. Temos capacidade de jogar lá e vencer também, como eles fizeram aqui. Temos que treinar bastante para reverter lá.

- Tem que matar. Esse lance, tem que matar. O cara vem driblando todo mundo... Uma bobeira! Bola de segurança, tem que chutar para fora. A equipe toda não foi bem. Vamos fortalecer mais durante a semana e tentar buscar lá - finalizou Donizete.