Douglas Santos

(Foto: Mowapress)

LANCE!
23/08/2016
17:08
Belo Horizonte(MG)

Após conquistar a inédita medalha de Ouro para o Brasil no último sábado, o lateral-esquerdo Douglas Santos, que foi titular na campanha, voltou aos treinos na Cidade do Galo nesta terça-feira.

Além do treino,  ele concedeu entrevista coletiva à imprensa, onde destacou a concorrência com o lateral Fábio Santos, que chegou ao alvinegro em maio e ganhou muito espaço com a convocação de Douglas para a Seleção Olímpica. 

 -É uma concorrência muito boa. Sempre vi o Fábio Santos jogar. Tenho ele como exemplo. Ele trabalhou muito e joga muito. A lateral esquerda está muito bem representada. Se eu for jogar, vou fazer o meu papel bem feito. Tanto eu quanto o Fábio jogando vai ser ótimo para a gente, porque estamos vivendo um grande momento. Só temos a crescer e ajudar o Atlético- destacou Douglas Santos. 

Valorizado após a conquista na Rio-2016, o lateral deixou o seu futuro em aberto e garantiu que os próximos passos de sua carreira estão nas "mãos de Deus". 

 -Todo mundo ficou valorizado com a conquista. Todo mundo se empenhou ao máximo, deu a vida, o sangue dentro de campo. Estou feliz aqui, meu foco é aqui. O futuro a Deus pertence. Deixo nas mãos dele- afirmou o camisa 6. 

O jovem lateral também comentou o que passou em sua cabeça durante as cobranças de pênalti. Com muito bom humor, ele afirmou que ficou aliviado com a defesa de Weverton. 

- Rapaz, eu era o sexto a cobrar. Quando foi chegando o final das cinco cobranças eu só pensava: “Weverton, pega uma, pelo amor de Deus!”. Para acabar logo com aquele sofrimento. E graças a Deus, ele pegou, eu fiquei aliviado e só comemorei- brincou Douglas. 

Confira outros trechos da entrevista

Sensação de ser campeão olímpico 

 -A sensação não consigo responder. É uma medalha que tanta gente almejou e poucos têm. Só tenho que agradecer a Deus, a todos que me ajudaram a chegar à Seleção. Essa medalha tem um gosto mais especial”

O que conquistar agora? 

“Vai mudar a chave. O dever eu já cumpri, conquistei a medalha, o sonho. Agora é ir em busca de outros sonhos, conquistar o Brasileiro e mais uma Copa do Brasil.