Euler Araújo (Foto: Carlos Cruz / América-MG)

 Euler Araújo promete América-MG competitivo e brigando por título mineiro (Foto: Carlos Cruz/América-MG)

RADAR / LANCE!
04/01/2016
12:36
Belo Horizonte (MG)

A proximidade do acordo de patrocínio entre América-MG e Caixa Econômica Federal culminou em uma mudança no poder do clube. Após um ano como integrante do Conselho de Administração do Coelho – formado por sete presidentes –, Euler Araújo revelou à Rádio Itatiaia sua renúncia, por ser funcionário de uma das agências da empresa:

– Sou um funcionário da Caixa. Não tenho nenhum poder de decisão sobre quem vai patrocinar ou não, mas existe um conflito de interesses. Não posso participar do conselho administrativo que tem um patrocínio da Caixa.

Embora lamente sua saída do cargo, Euler crê que está tomando uma decisão em prol do América.

– É uma situação que nos deixa chateado. Mas estou fazendo uma coisa que é para o bem do América e isso ameniza um pouco a frustração de não poder continuar. A alegria de ajudar vai ser a mesma. Não temos vaidade de ter cargo no clube, mas sim alegria de ajudar.

Além de garantir que seu sucessor dará continuidade ao projeto estipulado para 2016, o agora ex-presidente mostrou confiança na temporada do Coelho:

– Nós veremos um time mais forte que o de 2015. A torcida pode ter certeza disso. Será um time muito competitivo. Queremos disputar o título do Mineiro, com força máxima. Vamos entrar com força máxima também na Primeira Liga. Evidentemente, vamos querer nos manter na Série A. Vamos analisar esse time no Mineiro. Se necessitar de reforços, vamos buscar para o restante da temporada.

Em seguida, Euler Araújo agradeceu pelo período no qual esteve à frente do clube, e garantiu que não deixará de ajudá-lo de alguma forma:

– Fui muito feliz nessa caminhada. Acho que o final foi muito vitorioso. Não abandono o América e torço para que o projeto continue.